Importante! As informações aqui apresentadas tem origem em pesquisas referenciadas em blogs especializados na internet, caso haja alguma sugestão ou correção de conceito ou referencias, deixe seu comentário, contribuindo para a melhoria da qualidade das informações.

Criado pelo Dr. Lawrence (“Larry”) Weed em 1966. O Dr. Weed acreditava que a maneira como se anota os dados no prontuário acaba moldando a maneira como raciocinamos – daí a importância de termos um método adequado para orientar nosso registro e nosso raciocínio!

O termo SOAP refere-se à parte do Registro de Saúde Orientado por Problemas (RMOP) que compõe a evolução do cuidado na Atenção Primária. Ao usar o termo registro, reporta-se ao RMOP, que tem sido empregado em diversos sistemas de APS em todo o mundo, e seu uso tem-se ampliado com a informatização dos prontuários.O método SOAP tem como um dos objetivos ser uma ferramenta de trabalho que oportuniza analisar, comparar e fazer diagnósticos de alterações clínicas emocionais e comportamentais.


Ou seja, ele não funciona com um simples instrumento de organização de dados, mas principalmente como meio de qualificar o raciocínio clínico e o cuidado oferecido. Esse é um processo que exige método, habilidade e competência. O método é dado pela organização da consulta, as habilidades, pelo conhecimento técnico e clínico. Seu principais objetivos são:

  • Permitir um rápido acesso aos dados da pessoa;
  • Permitir anotação continuada de todos os problemas;
  • Contabilizar e avaliar a freqüência das consultas;
  • Obter dados para planejar ações preventivas e de diagnóstico  precoce;
  • Facilitar a educação continuada do médico;
  • Usar fonte de dados para pesquisas.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar essas tags e atributos HTML: <a href=""> <abbr> <acronym> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Envie uma mensagem
pt_BRPortuguese
Powered by TranslatePress »
Close Bitnami banner
Bitnami